De acordo com o relatório da recente pesquisa “Hábitos no consumo de pornografia”, o primeiro contato com conteúdo pornográfico comumente acontece em uma idade crucial para a formação do indivíduo.

A pesquisa analisou as respostas de 400 pessoas a diversas questões relacionadas ao consumo de pornografia, relacionamento virtual e nudes, e as motivações e sentimentos envolvidos nesses comportamentos. Os resultados revelaram que a média de idade com que uma pessoa tem seu primeiro contato com conteúdo porno­gráfico é de 12 anos. Esse número ainda é um pouco superior ao en­contrado em pesquisas realizadas nos Estados Unidos, que apontaram para as idades de 11 anos [1] e até 9 anos [2].

Os impactos que a exposição a pornografia pode causar a uma pessoa são diversos, e profundos. Seu cérebro, suas emoções, atitudes, opiniões e relacionamentos são impactados de muitas maneiras. Para uma criança, essa situação é preocupante porque muitos dos comportamentos desenvolvidos na infância e adolescência trazem consequências que duram por toda a vida. E a realidade é que as crianças não somente têm acessa­do pornografia cada vez mais precocemente, mas, a partir do momento que se tornam adolescentes (13 a 17 anos), passam a ser os consumidores mais frequentes de conteúdo pornográfico: 88,24% dos respondentes ao questionário que se encontram nessa faixa etária afirma­ram ver pornografia ao menos uma vez por semana (veja figura a seguir).

frequencia-x-faixa-etaria

O que você pode fazer?

Compreender que o acesso a pornografia é praticamente inevitável, e ocorre cada vez mais precocemente, é o primeiro passo para enfrentar essa realidade e ajudar pessoas que sofrem com os males causados pela pornografia. Compartilhe este texto para levar conscientização adiante. Para conhecer essa temática com maior profundidade, baixe o eBook gratuito “Hábitos no consumo de pornografia”.

Referências:

  1. ROBERTS, T. Pure desire: how on man’s triumph can help others break free from sexual temptation. Minneapolis: Bethany House, 2014.
  2. MCDOWELL, J.; MCDOWELL, D. Straight talk with your kids about sex.Eugene: Harvest House Publishers, 2012.

Para conhecer os dados mais recentes sobre hábitos no consumo de pornografia no Brasil, e as opiniões de especialistas no assunto, baixe nosso eBook gratuito.

Relacionados: