“Usem o capacete da salvação” (Ef 6.17).

Faz pouco tempo que eu voltei a andar de moto. Com ela, levo cerca de 1/3 do tempo que levava quando ia ao trabalho de ônibus; e até mesmo o custo para isso caiu pela metade.

São grandes benefícios, mas ainda assim essa decisão não foi fácil.

Afinal, para andar de moto em uma cidade com bastante trânsito como Florianópolis é preciso atenção quadruplicada. Também tem a questão da chuva, e numa cidade com clima tão instável como a minha é preciso espaço redobrado na mochila para levar sempre comigo capa e bota impermeáveis.

Mas, acima de tudo, um item em especial é o que melhor justifica as ressalvas que qualquer pessoa possa ter para andar de moto: o capacete. A necessidade de usar o capacete deixa claro que existe um risco constante para uma das partes mais sensíveis de nosso corpo, que é nossa cabeça.

Assim também, na batalha contra o pecado, a bíblia nos diz que precisamos vestir um capacete. Um item fundamental, que protege nossas memórias, pensamentos e sonhos. Nossa mente está em risco constante e, por isso, dando continuidade à série de estudos em Efésios 6 – sobre a armadura de Deus – hoje vamos nos aprofundar nesse item especial.

Já falamos sobre o cinturão da verdade, a couraça da justiça, os calçados da prontidão para anunciar o Evangelho e o escudo da fé. Agora, é a vez de vestirmos o capacete da salvação!

Salvação no passado, presente e futuro

Falar de salvação exige que nos detenhamos inicialmente a duas questões: salvos do quê? E salvos para quê?

Com relação à primeira questão, a bíblia nos revela que precisamos de salvação, e que os maiores perigos que enfrentamos podem ser sintetizados na realidade brutal do pecado. “Todos pecaram e estão afastados da presença gloriosa de Deus” (Rm 3.23). O pecado nos afasta de Deus, e como consequência nos afasta também de nosso próximo, e até de nós mesmos. Precisamos ser salvos do pecado.

Para sermos salvos, precisamos de um salvador. E é aí que Jesus entra na história. Deus assume sobre si o nosso pecado, em Jesus, e assim nos salva. Assim, olhando para Jesus, podemos chegar à resposta para a segunda questão: a salvação é para que sejamos reaproximados de Deus, e é essa salvação que também nos aproxima de maneira genuína de nosso próximo e de nós mesmos. Somos salvos por Jesus para termos vida eterna e cheia de sentido.

Agora, da mesma forma como um capacete protege um motociclista de maneira ininterrupta, precisamos estar firmados à salvação o tempo todo para enfrentarmos a batalha contra o pecado. E existe uma compreensão muito interessante que nos ajuda a aplicar a noção de “salvação” à realidade de nossa vida. Ela nos mostra que a salvação foi no passado, é para o presente e será para o futuro. Não se sabe ao certo quem propôs essa sistematização, mas podemos identificá-la nos textos de nomes como Lutero, Stott, Sproul, e também do apóstolo Paulo. Diz assim: “fui salvo da penalidade do pecado, estou sendo salvo do poder do pecado e um dia serei salvo da presença do pecado”.

Fui salvo da penalidade do pecado

Não há o que você possa fazer para ser salvo. Isso é algo que Jesus já fez por você. Salvação significa primeiramente a libertação de toda culpa e do julgamento pelos nossos pecados, significa que em Jesus recebemos perdão, e somos reconciliados a Deus como seus filhos.

Existe uma dimensão “legal” na ideia de salvação. Por causa do pecado, um preço precisava ser pago para que houvesse justiça divina. E esse preço foi pago por Jesus: ele “anulou a conta da nossa dívida, com os seus regulamentos que nós éramos obrigados a obedecer. Ele acabou com essa conta, pregando-a na cruz” (Cl 2.14).

Estou sendo salvo do poder do pecado

Tendo sido salvos por Jesus da penalidade do pecado, podemos ser salvos também, agora, do poder do pecado.

Acho que esse é um dos grandes paradoxos para quem sofre com a pornografia… Afinal, ao cair – reincidir no pecado -, corremos o risco de concluir erroneamente que talvez nem mesmo sejamos cristãos – que não fomos verdadeiramente salvos.

Preste atenção: você já foi salvo, por Jesus, da penalidade do pecado. Pela fé nele, você tem salvação. Agora, a partir e movido por essa fé, você pode começar a experimentar o que significa a vida eterna e cheia de sentido que ele oferece para nós. Essa é a dimensão “transformadora” da salvação. “Por meio de um único sacrifício, ele [Jesus] aperfeiçoou para sempre os que estão sendo santificados” (Hb 10.14).

Estamos sendo santificados – sendo salvos do poder do pecado. É um processo, é uma libertação contínua, que Deus tem prazer em realizar em nossas vidas por meio de seu Espírito Santo. Tenha calma: cair em tentação não significa perder a salvação; significa apenas que você está no processo.

E um dia serei salvo da presença do pecado

Um dia, você não vai mais ver pornografia. Nem vai querer ver. E isso não acontecerá porque você terá morrido. Justamente pelo contrário; acontecerá porque você terá ressuscitado, e estará tão pleno de vida que seus olhos não mais desejarão as experiências pálidas e mortas da pornografia.

Em Jesus, somos salvos completamente, e temos diante de nós a esperança de viver eternamente livres de todo pecado. Não haverá mais o pecado. Jesus “enxugará dos seus olhos toda lágrima. Não haverá mais morte, nem tristeza, nem choro, nem dor, pois a antiga ordem já passou” (Ap 21.4).

Essa é a dimensão “escatológica” da salvação. No fim dos tempos (ou melhor, no início da nova vida!), nossa comunhão com Deus será perfeitamente restabelecida: “o próprio Deus estará com eles e será o seu Deus” (Ap 21.3). Os efeitos do pecado serão revertidos, e a paz de Deus será completamente presente em nossa vida. Esse é seu futuro, pela fé em Jesus!

O que você pode fazer?

A certeza da salvação é o que protege nossa mente do medo da condenação. É o que nos dá força para seguir lutando contra o pecado, e esperança de que, em Jesus, seremos verdadeiramente libertos.

Vista sempre o capacete da salvação! Apegue-se à certeza da salvação, firmando os olhos sobre o que a palavra de Deus nos diz! E compartilhe essa certeza com todos os seus amigos, para que mais pessoas possam se juntar a essa luta!

Confira o próximo estudo da série:

Leia a Bíblia para combater a pornografia

Para receber os textos mais recentes no blog, e baixar gratuitamente 2 eBooks para combater a pornografia, faça parte de nossa comunidade!

Relacionados: